"Please don't think of us as an 'indie band' as it was never meant to be a genre, and anyway we are far too outward looking for that sad tag." - Stephen Pastel

segunda-feira, 12 de maio de 2008

Erva & Cogumelos Alucinogénios




















A avidez pela novidade que grassa pela blogosfera (e aqui faço mea culpa) terá feito com que o novo álbum dos Supergrass tenha passado despercebido a muita boa gente.
Sem ser genial - como também não o eram os anteriores -, Diamond Hoo Ha é um disco de rock meio tolo, descomplexado e bem esgalhado, capaz de de motivar alguns pulos no meio da sala de casa. Estamos pois, perante uma prova cabal de que o pretensiosismo, a dar para o sorumbático, não é característica comum a todos os nativos de Oxford.
Sem me desviar muito da temática inicial, e assinalando a habitual romaria do imenso rebanho de fervorosos ao centro do País a fim de prestar homenagem à gentil senhora que, em parceria com o Dr. Portas, nos livrou da maré negra, proponho-vos uma viagem ao passado:

"Mary" [Parlophone, 1999]

3 comentários:

Pedro Carvalho disse...

sem duvida a canção e o video mais fantasticos dos supergrass. O ultimo ainda não ouvi, não tinha grandes esperanças no assunto, mas ainda bem que falas, vou espreita-lo e depois digo que tal.
Cheers,

Joe disse...

LOL, estás em grande forma :)))
O disco dos Supergrass, como mt bem dizes, está de acordo com o percurso da banda: não é nada de extraordinário mas é bem divertido e altamente disfrutável. São uma banda com quem simpatizo muito, das poucas que depois de uns bons 15 de carreira parece continuar a ter gozo naquilo que faz.
Abraço!

M.A. disse...

Talvez a boa forma se fique a dever às alegrias que o meu 2.º clube me tem dado. Falo obviamente do VSC :)