"Please don't think of us as an 'indie band' as it was never meant to be a genre, and anyway we are far too outward looking for that sad tag." - Stephen Pastel

terça-feira, 22 de abril de 2008

A URGÊNCIA DO MAL

Com três discos de um southern rock sumptuoso e de olhar fixo no céu estrelado, os fabulosos My Morning Jacket arrebanharam uma extensa legião de adeptos. No superlativo Z, de 2005, alargaram a paleta sonora e demarcaram-se em definitivo da horda de seguidores entretanto gerada (olá Band of Horses!).
O novo Evil Urges, com saída marcada para inícios de Junho, promete seguir as pistas já lançadas pelo seu antecessor, i. e., um alastrar das influências de música de tez escura (leia-se soul), bem patente no falsetto de Jim James.
Pelo menos é essa a conclusão a que se chega depois de ouvir o tema-título, disponibilizado pela banda como aperitivo. Certo de que irá dividir opiniões, eis o dito:

4 comentários:

Fábio Jesus disse...

Aguardadíssimo :)

Miss C. disse...

Diferente, é.
A apreciação imediata é positiva mas vamos ver se este longa-duração me passa pelos ouvidos [é estranho, tenho o At Dawn e o It Still Moves e nunca ouvi o Z (tens que mo emprestar um dia destes)].

Anónimo disse...

Vai lá espreitar à caixa do correio para veres o que o carteiro te trouxe...
Quem é amiguinho, quem é?!

Pedro Carvalho disse...

ainda não ouvi o ultimo mas gosto muito dos anteriores. e o tema com os calexico na banda sonora do i'm not there é lindissimo.