"Please don't think of us as an 'indie band' as it was never meant to be a genre, and anyway we are far too outward looking for that sad tag." - Stephen Pastel

quinta-feira, 3 de abril de 2008

REPRODUÇÃO ASSISTIDA

Quando se pretende avaliar um novo disco das manas Deal (e não são assim tantos...) há sempre um problema: comparativamente ao colosso Last Splash (1993) qualquer um fica a perder.
Mountain Battles, o quarto álbum das Breeders (sai segunda-feira pela 4AD), não foge à regra. Sendo até à data o mais variado esteticamente, numa primeira audição, deixa até transparecer uma certa sensação de desnorte. Sensação essa que se desvanece com audições repetidas e uma maior atenção aos pormenores. Não é uma obra-prima, mas sempre dá para matar a saudade.
Oiçam-no aqui e tirem as vossas conclusões.

4 comentários:

Pedro Carvalho disse...

Confesso que com tantas e tão boas bandas novas que andam por aí não prestei atenção ao novo das breeders. À primeira pareceu-me... desnecessário. E já agora o meu preferido das manas não é o last splash, acho o Pod inegualavel!
cheers,

M.A. disse...

O "Pod" também é muito bom. Para mim, quase tão bom como o "Last splash".
Olha que eu também não fiquei muito bem impressionado com este novo à primeira. Depois a coisa vai entrando... Com o último dos Shellac aconteceu-me o mesmo.

Cheers!

O Puto disse...

É difícil superar o "Pod" (finalmente comprei-o em CD, na actual promoção irresistível na CDGO) e o "Last Splash". Apanhei uma desilusão com o "Title TK". A ver se recupero o apreço com o novo.

Joe disse...

tb ainda não tenho opinião formada sobre este. primeiro não gostei, depois parecia que estava a começar a entrar, ontem ouvi-o outra vez e achei-o aborrecido.
e aquela canção em espanhol não lembra ao caraças...