"Please don't think of us as an 'indie band' as it was never meant to be a genre, and anyway we are far too outward looking for that sad tag." - Stephen Pastel

sexta-feira, 15 de junho de 2007

NA PELE DO LOBO

Em posts recentes, já aqui tinha referido a propensão de muitos músicos canadianos para se desmultiplicarem em diversos projectos. Neste particular, os Wolf Parade serão mesmo o caso mais paradigmático. Depois das aventuras do membro fundador Spencer Krug nos Frog Eyes, Sunset Rubdown e Swan Lake (Beast Moans é obrigatório), chegou a vez de Dan Boeckner, a outra figura proeminente da "matilha", que, juntamente com a namorada Alexei Perry, dá corpo aos Handsome Furs.
Segundo reza o sítio oficial da Sub Pop, Plague Park é um disco de tonalidades negras inspirado por noites em branco e dietas de black metal escandinavo (!).
E eu quero muito ter este disco... já!

12 comentários:

extravaganza disse...

Eis algo que não conhecia, apesar de já ter lido o nome aqui e ali, e que me agradou bastante!

joao disse...

tenho actualmente no meu querido ipod nano. tenho gostado bastante nas poucas vezes que ouvi

joao disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sea disse...

já fiz referência a esse álbum. Já o ouvi umas quantas vezes e realmente, vale a pena ouvir... e ter :)

Kraak/Peixinho disse...

Eu também quero! Sou admirador fundamentalista dos Wolf Parade. Dos projectos mencionados, acho que o mais fraquito foi Swan Lake.

Hugzz!

oaktree disse...

Tenho a comunicar que vou deixar de frequentar o teu blog...Andas a fazer-me gastar muito dinheiro! :)
***

M.A. disse...

Kraak:
Apesar de ser um bocado esquizóide, o disco dos Swan Lake é muito bom (pelo menos para mim). E tens de concordar que, pelo menos, o "All fires" é uma grande canção.

Oaktree (welcome back!):
será certamente dinheiro bem gasto :)

Beijos&Abraços

extravaganza disse...

Confesso, já encomendei o cd... Sou assim, de vipes :)

extravaganza disse...

ps: e se nós quisermos insultar-te em privado, não há um mail para onde o possamos fazer?...

M.A. disse...

Quando me quiseres insultar em privado, podes fazê-lo pessoalmente :)
Mas não estava mal visto, não senhora, criar um mail exclusivo para as "cartas ao director"

extravaganza disse...

Era mais isso, para mandar uma coisa qualquer que já nem me lembro. Claro que insultos a sério, prefiro-os pessoalmente :)

Já sei, era para pedir desculpa por me ter ido embora sem me despedir... Nesse dia nem ao dj de serviço disse "Au revoir, Simone"...

ana disse...

Gosto muito deste álbum! Já o ouvi bastante... Também quero muito tê-lo... :)