"Please don't think of us as an 'indie band' as it was never meant to be a genre, and anyway we are far too outward looking for that sad tag." - Stephen Pastel

terça-feira, 8 de maio de 2007

EXPECTATIVAS MAIS QUE CONFIRMADAS

POLYTECHNIC
Down Til Dawn
(Shatterproof, 2007)

À margem de todo o buzz fashionista, a indústria musical britânica tem amiúde vindo a surpreender os mais atentos às movimentações do urderground.
Quando aqui há uns meses falei deste quinteto de Manchester a propósito do frenético single "Man Overboard", fi-lo com grandes esperanças quanto a edições futuras. Sendo que esse é melhor dos onze temas presentes em Down Til Dawn, os restantes dez não desiludem de forma alguma.
Num todo vagamente psicadélico, os Polytechnic apresentam como maior trunfo a voz de Dylan Giles que, salvas as devidas distâncias, tanto nos traz à memória um Stephen Malkmus de outras eras, como a saudosa demência de um Perry Farrell ainda jovem. E isso é bom!...

1 comentário:

Kraak/Peixinho disse...

Muito bom, pelo menos o CD-Single que lançaram há pouco tempo. Estou seriamente a pensar em comprar o álbum :))