"Please don't think of us as an 'indie band' as it was never meant to be a genre, and anyway we are far too outward looking for that sad tag." - Stephen Pastel

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Good cover versions #17











ORANGE JUICE "L.O.V.E. Love" (Polydor, 1981)
[Original: Al Green (1975)]

Se o mundo fosse um lugar perfeito e justo, aos Orange Juice estaria reservado um importante capítulo no Grande Livro da História da Pop. Sem eles, provavelmente, não teria havido The Smiths. Também não teria havido The Wedding Present, Belle & Sebastian, ou Franz Ferdinand. Talvez até os Vampire Weekend não soassem como soam, mas isso seria um mal menor... Resumindo: sem os Orange Juice não haveria indie pop.
Oriundos de Glasgow, na Escócia, os Orange Juice vieram acrescentar alguma frescura ao cenário post-punk. Por oposição à maioria dos contemporâneos, eram donos de um romantismo ingénuo e sonhador, muitas vezes traduzido numa atitude anti-machista. Na música, mostravam igual apego à escuridão da cave dos Velvet Underground, à perfeição pop dos Byrds, e ao charme dos mestres da música negra. Perante estas premissas, não surpreende que o single de antecipação a You Can't Hide Your Love Forever (o clássico álbum de estreia cuja capa inspirou o nome dos... hhhmmm... Delfins!) tenha sido este "L.O.V.E. Love", tema originalmente intepretado na voz quente do ícone soul Al Green. Nesta versão com a duração perfeita de 3'33'', por entre sopros ostensivos e coros sumptuosos, do alto dos seus 22 aninhos, a voz de Edwyn Collins exibe uma inusitada maturidade.

2 comentários:

Pedro Carvalho disse...

Melhor que o album estreia, só mesmo os primeiros singles na postcard que, na sua imperfeição, são da melhor musica que alguma vez se fez. As gravaçaões reunidas no Glasgow School, que inclui também as sessões para o 1ª album que deveria ter saido pela Postcard, são génio puro.
Abraço,

M.A. disse...

A justeza das tuas palavras só reforça a minha incompreensão perante o desconhecimento generalizado da obra dos Orange Juice.

Abraço.