"Please don't think of us as an 'indie band' as it was never meant to be a genre, and anyway we are far too outward looking for that sad tag." - Stephen Pastel

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Singles Bar #48






MEAT WHIPLASH
Don't Slip Up
[Creation, 1985]






Baptizados a partir de um tema dos post-punkers Fire Engines, os Meat Whiplash foram um agrupamento escocês de vida efémera que esteve entre a primeira leva de contratações da Creation Records. Para a posteridade, não deixaram registado mais do que um single. A capa desse registo isolado, que aproveita uma imagem do actor Robert Vaughn, foi concebida pelo compatriota Bobby Gillespie e executada manualmente pelo próprio Alan McGee, fundador da editora que acolheu a banda. Eram estes os tempos do espírito familiar de entre-ajuda em que as editoras independentes se podiam orgulhar de tal adjectivo... No currículo contam também com a abertura do primeiro concerto londrino dos Jesus and Mary Chain, já célebre pelos ondas de revolta provocadas na audiência pela postura de confronto dos Irmãos Reid & C.ª.
À parte estes factos mundanos, os Meat Whiplash merecem algo mais do que uma nota de rodapé no compêndio indie por culpa deste "Don't Slip Up", o típico mergulho na era dourada da pop através de uma faixa de alienação afogada num mar de distorção e batida minimalista reduzida ao essencial. Não fosse a velocidade mais acelerada, e encaixaria na perfeição no primeiro tomo da tal banda dos irmãos disfuncionais que pela mesma altura escrevia um dos mais belos capítulos da história da música popular. Comparações à parte, atribua-se a "Don't Slip Up" o mérito de ter servido de matriz às gerações indie futuras, tanto da emergente "vaga C86", como os estetas shoegaze. Mais tarde, o quarteto fundador dos Meat Whiplash haveria de prosseguir carreira conjuntamente com Alex Taylor, a vocalista dos Shop Assistants, agora sob a designação The Motorcycle Boy, outra das bandas criminalmente esquecidas do excelso catálogo pop produzido em terras da Escócia nos últimos trinta anos.

1 comentário:

EminEm disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.