"Please don't think of us as an 'indie band' as it was never meant to be a genre, and anyway we are far too outward looking for that sad tag." - Stephen Pastel

sexta-feira, 10 de julho de 2009

Histórias do incrível e do bizarro

Pergunto-me quem serão os iluminados responsáveis pela catalogação dos discos à venda naquela cadeia de lojas que adoptou o amarelo torrado como cor oficial. Vem isto a propósito de um dos actuais destaques da secção pomposamente designada Dança / Novas Tendências (é aquela onde se encontram todos os espécimes da música papel-de-parede) ser Fed, a recente reedição do opus de 2002 de Plush, o projecto pessoal de um rapaz que muito esporadicamente nos brinda com discos nunca menos que óptimos. O seu nome é Liam Hayes e soa mais ou menos assim:


Plush "Take A Chance" [download, 2008]

Pelo andar da "dança", não me espantaria que, em breve, se ouvisse Neutral Milk Hotel no Queens, Sparklehorse no Blues Café, Smog no Loft, e Will Oldham no Lux...


1 comentário:

Pedro Carvalho disse...

LOL!

os gajos da funaq não ouvem os discos, aliás, de uma forma geral não sabem o que vendem...